Como Fazer uma Horta Vertical Passo a Passo

Como Fazer uma Horta Vertical Passo a Passo
Confira Como Fazer uma Horta Vertical Passo a Passo de forma muito simples e com um ótimo resultado. Plantar e manter suas próprias hortaliças pode ser uma saída para consumir alimentos orgânicos com mais frequência.

Como Fazer uma Horta Vertical Passo a Passo

Quem mora em apartamento ou em casa sem quintal, pode sim garantir um mini jardim ou horta em casa. Basta usar a criatividade para montar sua própria plantação vertical, com a ajuda de muito amor, dedicação e de um conhecimento mínimo sobre o cuidado com as plantinhas. Quer aprender a fazer a sua? Então vamos lá!

O primeiro passo para fazer uma horta vertical é separar o material necessário. Isso depende de suas habilidades de jardineiro e do quanto você deseja plantar. O kit básico inclui pá, tesoura para poda, vaso e terra.

Melhor não usar terra comum. O mais apropriado é comprar um substrato pronto para o plantio: já vem com a proporção certa de terra, areia e material orgânico, como esterco ou húmus de minhoca. Mesmo assim, existem vários tipos de substratos para as diversas famílias de plantas.

horta vertical em apartamento jardim vertical horta em casa horta organica

É apropriado utilizar uma peça de 30 cm x 20 cm x 30 cm por planta.Faça um furo na parte inferior da peça (para que a água tenha por onde escoar).

Prefira um vaso em forma de meia lua e com um gancho para prender. Assim, a parte reta se apoia na treliça e na parede

A primeira camada a ser colocada é de argila expandida (se preferir, use cacos de telha ou brita). Esse estrato pode ficar com 5 cm de altura, e tem a função de permitir a passagem da água e impedir o entupimento do buraco no inferior do vaso com terra.

A seguir, coloque a terra preparada ou o substrato pronto. O solo não pode ficar muito fofo nem muito compactado. O segredo é ir despejando a terra com as mãos e dar batidinhas quando chegar ao ponto desejado (cerca de 5 cm da borda).

Agora, prepare a muda para o plantio. Ela virá envolta em uma camada grossa de terra, que segura as raízes da planta, e um plástico grosso, uma espécie de vaso temporário. Jogue o plástico fora mas a terra fica! Só é necessário cortar o excesso de raiz. Retire os filamentos que estão se desgarrando muito de terra, como se estivessem descabelados.

Com a muda pronta, é só fazer um buraco na terra e encaixá-la no vaso. Com o tempo, as raízes vão crescer e ocupar toda a extensão do novo ambiente.

Lembre-se de regar sempre e não deixe as plantas diretamente ao sol.  A rega diária deve ser feita nos horários mais frios, de manhã em dias muito quentes, também à tardezinha. É essencial ter cuidado na hora de regar. Não pode encharcar a terra nem molhar muito as folhas e flores.

Fonte: vidaeestilo.terra.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *