Como Superar a Depressão e Emagrecer Com Saúde

Como Superar a Depressão e Emagrecer Com Saúde

Muitas vezes o sobrepeso é apenas a consequência de problemas muito maiores. No caso da Amanda, a depressão impedia que ela mantivesse uma rotina saudável, cuidando da alimentação e do corpo. Hoje tudo isso mudou, ela tornou-se um exemplo de superação. Conheça agora sua história:

Como Superar a Depressão e Emagrecer Com Saúde

“Vamos falar de mim… Comecei a luta para emagrecer com 13 anos de idade, fui a vários endócrinos e vários médicos. Já cheguei a tomar remédio para emagrecer e consegui perder peso, mas não por muito tempo. Já fiz acompanhamento com médico famoso e também cheguei a ter algum resultado. Embora que, o maior resultado venha de nós mesmos.

Se você não está bem com você mesma e não aceita nada, você não vai emagrecer. As vezes adotamos algum tipo de regime, obtemos algum resultado e achamos que tudo certo, mas com certeza não está.

Então nessas lutas pelo caminho, já cansada do efeito sanfona, resolvi relaxar e não cuidar mais de mim. Não me olhava no espelho e não me amava, pois como namorava tinha alguém ali comigo. Estava tudo ótimo, não tinha motivo para me cuidar. Achava que tudo era lindo.

Quando resolvi mudar de cidade eu tinha 20 e poucos anos, mesmo assim eu continuava achando que estava tudo bem. Inclusive uma vez fui ofendida por ser gordinha e mesmo assim não liguei, continuei como meus 120 kg.

Então foi aí que tomei minha decisão! Pois eu estava tendo falta de ar, não estava mais andando direito, e sentia muitas dores no corpo todo (mesmo assim andava no salto alto e achava que isso ia passar).


superar depressão para emagrecer


Aconteceu que um certo dia resolvi que ia me olhar no espelho de biquíni e ver o que eu iria sentir e pensar sobre o meu corpo. Eu tinha 29 anos. E foi o que fiz antes de ir a praia: Olhei!

Quando vi que não tinha como eu ficar assim, porque estava ficando doente e não tinha como eu ter uma vida boa da forma que estava, resolvi pegar todos os regimes de todos os médicos que fui e por mim mesma tentaria emagrecer. Comecei a caminhar e aos poucos tentar correr.

Regulei minha tireóide e passei a me sentir feliz. Resolvi que devia perder peso ou aquilo iria me matar! Minhas crises de depressão sumiram. Troquei de religião e resolvi seguir meus mentores e meus guias, que me ajudaram muito, passando todos os tipo de pensamentos positivos.

Demorei para chegar ao peso que estou hoje! Aina não cheguei onde queria, mas vou chegar!

Eu troquei o pão por tapioca, troquei os lanches por comida de verdade, troquei tudo que faz mal por um vida saudável, troquei doces por frutas, troquei refrigerante por sucos e água.

Hoje com 32 anos, cheguei aos 88 kg e com tudo no lugar. Com a ajuda da minha religião resolvi que vou ser feliz que nada vai me atingir. A Depressão  foi embora e não voltará mais. Então eu digo para você, em primeiro lugar SE AME, em segundo SE AME e em terceiro SE AME. Se aceite e aí você vai ver que tudo vai mudar!”