O que é HIIT? Saiba Tudo sobre essa NOVA Modalidade de Treino!

HIIT para Secar de VEZ: Se o seu objetivo é secar de vez, chapar a barriga e ficar com o bumbum na nuca, se exercitando poucos minutos por dia, o HIIT é para você. O Treinamento Intervalado de Alta Intesidade (High-Intensity Intermittent Training) ou HIIT é um treino que produz a queima de gordura e tonificação muscular em um treino rápido, de poucos minutos.

Muitos estudos foram feitos á respeito do HIIT e a conclusão foi a mesma em todos eles, não existe treino que provoque mais queima de calorias, mesmo 24 horas após ter realizado os exercícios. A intensidade acelerada das atividades trazem resultados muito mais rápido do que qualquer outro tipo de treino.

O HIIT não é um treino fácil, apesar dos poucos minutos de duração. Porém, com o dia a dia corrido, nada melhor do que saber que você terá excelentes resultados malhando poucos minutos do dia.

Não é necessário equipamentos específicos para realizar os exercícios, você pode treinar apenas utilizando o próprio peso do corpo. 

Como são exercícios que podem ser realizados em casa, torna-se muito vantajoso, pois não existe a necessidade de ir e vir da academia, visto que muitos já tem o tempo do dia bem apertado.


Como funciona o HIIT no organismo


Como o gasto calórico total da atividade física é muito mais importante do que apenas o gasto durante o tempo do exercício, o fator da intensidade ganha espaço nos treinamentos. O HIIT funciona exatamente assim, porque dependendo da intensidade que você praticar os exercícios, eles poderão ultrapassar a queima de 24 horas.

Muito mais simples do que passar duas horas na esteira ou na bicicleta, é se adaptar  a esse novo estilo de treino que traz resultados reais e visíveis, e o melhor, em curto espaço de tempo.

Desde o ano de 1996 já eram realizados estudos a respeito do Treino Intervalado de Alta Intensidade. A Baylor College of Medicine, que fica no Texas – EUA, foi uma das pioneiras, que realizou um estudo a partir de dois grupos de pessoas que fizeram treino na bicicleta. Um dos grupos realizou a atividade em intensidade moderada e constante, já o grupo que realizou em alta intensidade queimou muito mais calorias durante as 24 horas seguintes.


9 Motivos para fazer HIIT


  1. Mais eficiência em treinos mais curtos
  2. Queimar mais gordura
  3. Melhorar a saúde
  4. Aumentar a capacidade cardiovascular
  5. Não precisar de equipamentos
  6. Perder peso rápido
  7. Aumentar o metabolismo
  8. Poder treinar em casa
  9. Ganhar muita tonificação muscular

Como fazer HIIT?


Protocolo Tabata

Através de estudos científicos realizados por Izumi Tabata e alguns colegas no departamento de fisiologia do Japão, estabeleceu-se o método de 8 ciclos de 20 segundos de atividade em intensidade máxima, seguidos por 10 segundos de descanso.

Protocolo Gibala

O método HIIT do pesquisador canadense Martin Gibala envolve 3 minutos de aquecimento, com 8 a 12 ciclos de  60 segundos de exercício em intensidade máxima, seguido de 75 segundos de descanso.

Protocolo Timmons

O protocolo do pesquisador inglês Jamie Timmons consiste de três séries de 2 minutos de pedalada suave na ergométrica seguidos por 20 segundos de esforço máximo, realizados três vezes por semana.


Treino HIIT no Brasil


Aqui no Brasil o treino HIIT já ganhou espaço, está fazendo cada vez mais sucesso por uma única razão, não é apenas um modismo, funciona pra valer. 

A fisioterapeuta Olivia Andriollo que é adepta ao treino HIIT, desenvolveu um programa de treinamento completo, o CORPO D21, para ajudar você que não sabe por onde começar, para dar dicas importantes, e é claro, acompanhar a evolução de cada atividade com segurança. Desde o início do seu projeto já ajudou mais de 9 mil mulheres a alcançar o corpo desejado.

É importante seguir um esquema direcionado de treino. Afinal, realizar os mesmos exercícios por muito tempo acaba acostumando o corpo e a eficácia vai diminuindo. A intensidade e dificuldade precisa necessariamente aumentar quando o organismo cria resistência.

 >>  Clique aqui e saiba mais sobre o CORPO D21 <<