TUDO Sobre Sibutramina

TUDO Sobre Sibutramina

Muitas pessoas desejam perder peso para ficar com as curvas em dia. Ter músculos torneados e uma barriga chapada em poucos dias é um sonho de consumo. Toda essa pressa para conseguir atingir esses objetivos leva algumas pessoas a aderirem aos inibidores de apetite. Conheça TUDO Sobre Sibutramina e como age o mais procurado e eficiente inibidor de apetite.

Mas cuidado! Muitos medicamentes têm sido utilizados de maneira indiscriminada por aqueles que desejam perder peso de forma rápida sem se importar com a saúde. Um deles que está sendo bastante utilizado para que quer perder gordura é a sibutramina. A sibutramina é uma substância muito utilizada em pacientes com obesidade mórbida que não conseguem perder uma quantidade de peso significativa mesmo fazendo exercícios físicos de forma regular ou mantendo uma dieta. Esse remédio é um potente inibidor de apetite.


TUDO Sobre Sibutramina


Mecanismo de Ação da Sibutramina


A sibutramina consegue agir na perda de peso de duas maneiras: reduzindo a vontade de comer e diminuindo o gasto energético que costuma estar presente durante a perda de peso. Isso evita que o corpo sinta a necessidade de mais alimentos para suprir a fonte de calorias. O cloridrato monoidratado presente na sibutramina atua bloqueando a recaptação de norepinefrina, dopamina e serotonina. Todos eles são neurotransmissores intimamente relacionados com a sensação de prazer e bem-estar.


onde como comprar sibutramina


Efeitos Colaterais da Sibutramina


São muitos os efeitos colaterais que o remédio causa, entre eles:

  • insônia;
  • tontura;
  • náuseas;
  • dor de cabeça;
  • dores musculares e nas articulações;
  • cólicas menstruais fortes;
  • boca seca;
  • prisão de ventre;
  • modificações no apetite sexual;
  • lombalgia;
  • sudorese;
  • alterações visuais.

Os efeitos colaterais menos comuns, e que devem ser levados ao conhecimento do médico logo que se iniciarem, são:

  • alterações de humor e mentais;
  • arritmia cardíaca;
  • problemas ao urinar;
  • dor no peito;
  • visão turva;
  • edema.

Contra-indicações da Sibutramina


Há vários casos em que a sibutramina não deve ser indicada. O mais óbvio é para o grupo de risco com crianças, gestantes, idosos e lactantes. Outros riscos devem ser investigados durante a avaliação clínica pelo histórico do paciente. São eles:

  • Hipertireoidismo;
  • Doenças psiquiátricas;
  • Abuso de álcool ou substâncias psicoativas;
  • Histórico de doenças coronarianas;
  • Síndrome de Tourette.

Para que o efeito do medicamento seja 100% eficaz é necessário que o paciente não somente faça o consumo correto do mesmo, mas, também, realize dietas restritivas e exercícios físicos, todos sob a supervisão de médicos e profissionais do esporte. Se não houver uma reeducação alimentar durante o tratamento da obesidade sob a administração da Sibutramina, o paciente corre o risco de engordar novamente logo após o término. Quando o paciente estiver utilizando o medicamento, é importante ressaltar que o consumo de bebidas alcoólicas deve ser evitado, pois é um remédio de ação neurológica.

Fonte: www.treinomestre.com.br